Curiosidades

Como Saber se Malaquita é Verdadeira? 7 Diferenças com Imagens

Você tem uma malaquita na sua coleção da qual não tem certeza? Você não está sozinho. Muitas pessoas têm dificuldade em distinguir entre a malaquita verdadeira e a imitação.

Familiarizando-se com essas características, você pode aprender a confiar na sua intuição ao avaliar a malaquita. Saiba mais abaixo!

Para ajudar, identificamos 7 características distintas da verdadeira malaquita e fornecemos fotos para cada uma. Acreditamos que essas características também possuem significados espirituais.

Existem maneiras de saber se Malaquita é real ou falsa?

Brincos de Malaquita Verdadeira

Existem algumas diferenças chave que você pode usar para determinar se a malaquita é genuína ou não.

Primeiramente, sua cor pode variar de verde escuro a verde claro e deve ter padrões em faixas na superfície. Quando exposta a uma fonte de luz, deve ser ligeiramente translúcida.

A malaquita verdadeira também deve ter uma sensação ligeiramente cerosa, ser fria ao toque e ter um odor forte e único quando arranhada.

Por fim, quando examinada com ampliação, apresentará linhas curvas e indentadas dentro do padrão que se parecem com conchas sobrepostas.

Aqui estão mais 3 dicas para ajudar a diferenciar malaquita verdadeira e falsa:

  • A malaquita genuína produzirá um choque elétrico quando tocada com outro objeto, como aço;
  • Quando testada com ácido, liberará gás dióxido de carbono com cheiro de vinagre;
  • É mais densa que outras pedras de tamanho e cor semelhantes devido à combinação de minerais de cobre presentes na pedra.

Como é a verdadeira Malaquita?

malaquita

A malaquita é uma pedra preciosa verde brilhante que geralmente possui faixas de tons mais escuros e mais claros de verde ao longo dela.

Sua superfície frequentemente tem redemoinhos interessantes ou padrões de chevrons, o que torna a pedra bastante única e visualmente atraente.

A beleza da malaquita é melhor apreciada em um corte cabochão, onde suas faixas individuais podem ser apreciadas em detalhe.

Algumas pedras de malaquita até contêm linhas de mica cintilante que parecem faíscas metálicas.

A malaquita também pode ocorrer como cristais de quartzo druso sobre uma matriz sólida, onde ambos os componentes juntos criam uma pedra fascinante.

Aqui estão alguns pontos chave para lembrar sobre a malaquita:

  • A malaquita é um mineral opaco que tem tons variados de verde;
  • Geralmente possui padrões como faixas, redemoinhos ou chevrons;
  • Cortes cabochão permitem apreciar melhor os detalhes do padrão;
  • Algumas malaquitas podem ter manchas de mica que parecem faíscas de metal.

A malaquita pode ter propriedades tóxicas e não pode ser usada por todos.

Como saber se Malaquita é real? 7 Diferenças

Brincos de Malaquita

Agora vamos passar pelo processo detalhado de como distinguir a malaquita verdadeira da falsa.

Você também pode gostar do artigo sobre as diferenças entre citrino verdadeiro e falso.

Ele detalha 7 características chave a serem observadas, como o brilho, a forma e as inclusões que distinguem uma pedra genuína de uma imitação.

Com esse conhecimento, será mais fácil reconhecer as diferenças e comprar malaquita genuína.

1) Procure por faixas

Para saber se a malaquita é real, é importante procurar por faixas.

Esse tipo de padrão geralmente é encontrado em espécimes de malaquita genuínos e aparecerá em tons de verde.

Além disso, um espécime falso pode não ter uma cor ou brilho uniformes.

Outros sinais que você pode usar para dizer se a pedra é genuína incluem verificar seu peso, como ela é fria ao toque e se a superfície tem uma textura uniforme.

Observar imperfeições ou buracos na rocha também é útil, pois pedras falsas normalmente não têm essas características.

Para determinar ainda mais sua autenticidade, observe seu brilho, forma cristalina e cor do risco; a malaquita genuína deve ter um brilho terroso, forma cristalina e cor de risco verde escuro.

Por fim, verifique se o nível de dureza corresponde ao da malaquita real, que é em torno de 4 na escala de Mohs.

2) Verifique se há um acabamento fosco

Verificar se há um acabamento fosco é uma maneira de saber se a malaquita é real.

A malaquita genuína geralmente terá uma textura sutil e acetinada e pode ser suave ao toque.

Por outro lado, uma malaquita falsa frequentemente parecerá brilhante devido a um revestimento de cera aplicado para imitar o acabamento original do material. O peso do material é outro indicador de autenticidade.

A malaquita genuína é mais densa que muitas pedras, então geralmente parecerá pesada em comparação com as falsificações, que podem ser mais leves porque são feitas de materiais mais baratos.

As variações de cor na malaquita também valem a pena ser observadas, pois espécimes genuínos tendem a apresentar uma gama de azuis e verdes vivos, enquanto versões falsificadas tendem a parecer excessivamente saturadas com cores mais brilhantes.

Para avaliar isso com precisão, você pode querer segurar duas amostras lado a lado para comparação. Se essas observações não derem uma resposta, procurar a opinião de um especialista é aconselhável.

Também é possível fazer um teste de ácido, mas deve ser feito por um indivíduo experiente, já que alguns ácidos podem danificar materiais naturais.

3) Inspecione a superfície da pedra

Inspecionar a superfície da pedra é uma maneira de determinar se a malaquita é real. Verificar arranhões e estriações no cristal pode revelar um espécime real ou falso.

Examinar a cor e o padrão pode ajudar a determinar a autenticidade; procure por diferenças sutis de tonalidade e profundidade de cor, bem como consistência das marcações.

Uma peça real de malaquita terá imperfeições naturais, como manchas, chatoyance, faixas e zonas que se formam durante seu processo de cristalização.

Outro fator a considerar é a presença de outros minerais. Espécimes reais geralmente têm quantidades traço de minerais associados que podem ser observados sob um microscópio.

4) Bata com um objeto duro

Para verificar se uma malaquita é real, bata nela com um objeto duro, como um martelo ou uma pedra.

Uma peça real de malaquita será pesada e terá um som surdo quando atingida, enquanto uma imitação pode soar oca ou excessivamente leve.

A malaquita genuína geralmente possui faixas distintas de diferentes cores, enquanto as imitações podem não ter essa característica.

Examinar o brilho também é útil para diferenciar; a verdadeira malaquita terá uma aparência opaca e acabamento fosco, enquanto uma imitação geralmente será mais brilhante.

Por fim, peças autênticas são tipicamente maiores que as réplicas, pois podem ser cortadas em placas e polidas para revelar toda a sua beleza.

5) Examine as bordas

Para determinar se a malaquita é real, examine suas bordas.

A malaquita real tem linhas e formas distintas; podem ser curvas ou angulares, mas sempre suaves e nítidas.

Peças autênticas têm padrões que se parecem com chevrons ou até círculos concêntricos. Imitações muitas vezes carecem da nitidez e precisão de uma pedra preciosa genuína.

A cor é outro indicador: a malaquita real tipicamente tem tons intensos de verde com toques de preto, azul, amarelo ou branco em certas áreas, enquanto uma imitação geralmente terá uma única cor sem muita variedade.

6) Veja se afunda na água

Para ver se é uma malaquita real, você também pode usar o teste da água.

As falsificações geralmente são extremamente leves e não conseguirão afundar na água.

Você pode levar um recipiente com água para testá-la no momento da compra. Como a malaquita real é bastante pesada, ela afundará imediatamente.

Você também pode verificar seu tamanho, já que peças naturais podem ter até 80 centímetros de comprimento.

7) Experimente o teste do ácido

Para determinar se a malaquita é real, o teste do ácido é uma ótima opção.

Isso envolve pegar uma amostra do material e pingar algumas gotas de ácido muriático sobre ela; se borbulhar ou espumar, então a amostra provavelmente é real.

A malaquita autêntica frequentemente tem pequenas bolhas de ar dentro, que aparecem quando é cortada.

A presença de fraturas ou falhas pode ser outro indicador de autenticidade, assim como sentir qualquer resíduo na superfície.

Além disso, especialistas sugerem que você inspecione fenômenos ópticos como fluorescência, iridescência e chatoyance para identificar se a pedra é genuína.

Como saber se meu colar de Malaquita é real?

Relógio de Malaquita Verdadeira

Ao avaliar a autenticidade de um colar de malaquita, é importante considerar a qualidade do material e da fabricação.

Para saber se um colar de malaquita é real, inspecione os detalhes como sua cor, forma, padrão e tamanho. Procure por imperfeições que possam indicar produção artificial.

Também é importante verificar se há tratamentos especiais ou produtos químicos aplicados à pedra, assim como avaliar se o item foi feito à mão ou fabricado em uma fábrica.

Por fim, pesquisar a reputação do fabricante pode ser útil para determinar se seu colar de malaquita é autêntico.

Aqui estão algumas dicas para identificar uma peça genuína:

  • Verifique por falhas e irregularidades na cor, forma e tamanho;
  • Veja se contém componentes de prata esterlina verdadeira;
  • Verifique se há produtos químicos ou tratamentos especiais;
  • Pesquise a reputação do vendedor.

Essas verificações simples podem ajudá-lo a decidir se seu colar de malaquita é autêntico ou não. No final das contas, vale a pena ser diligente ao fazer um investimento em um item de luxo.

A Malaquita falsa é poderosa?

A malaquita falsa é uma versão sintética da pedra semi-preciosa natural, e embora não tenha a mesma energia poderosa que o mineral original, ainda pode ser usada para fornecer certos benefícios.

Joias de malaquita falsa se tornaram cada vez mais populares nos últimos anos devido à sua acessibilidade e durabilidade.

Geralmente é usada para afastar más vibrações e promover equilíbrio na vida.

Embora seus poderes possam não ser tão fortes quanto os da malaquita natural, ela ainda pode cumprir seu propósito quando incorporada ao seu estilo de vida.

Em conclusão, a malaquita falsa pode não ser tão poderosa quanto a verdadeira, mas ainda pode fornecer proteção e energia valiosas por si só.

Você também pode conferir este artigo sobre os melhores cristais para iniciantes se não quiser gastar muito dinheiro em um cristal.

Conclusão

Com as informações apresentadas neste post e um pouco de investigação, você deve ser capaz de identificar se sua malaquita é real ou falsa.

Tire um tempo para verificar suas características e fique de olho em qualquer inconsistência! Lembre-se, vale a pena quando você obtém aquela bela malaquita genuína que durará a vida toda.


Descubra mais sobre Harmonia Cristais

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Jessica Fulgoni

Meu amor por cristais me levou a criar Harmonia Cristais. Aqui eu compartilho todas as minhas experiências, conhecimentos e dicas para obter todos os benefícios espirituais dos cristais.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Garanta o Seu Agora!

Baixe o seu Guia de Cristais e Mapa de Chackras

Faça o Download do Guia de Cristais e Mapa de Chackras, com os 25 cristais mais importantes com propriedades e funções de cura. Tenha na palma de sua mão quando quiser ou imprima para estudar.

mockup-1